A terceira onda e a frutinha embriagante

“El oso y el madroño”, Madri (arte sobre foto de María Castellano)

Nããããooooo! Eu quis des-ler, mas não deu. Esses dias, em meio a notícias sobre a voluptuosa frente fria que cobriu a Espanha de branco e imagens de españoles fazendo guerrinha de neve em Madri… Eu vi cozóio que a terra há de transformar em tomatiños cherry. Em caixa alta, em manchetes de todas as cores, […]

Leia Mais

Sobre o ano que nos espera e algumas tradições escatológicas

Feliz anus novus (Reprodução / Magda Ehlers)

A calefação está ligada, mas meus dedovskis estão congelados enquanto escrevo. Eis então que é 2021, o Ano Depois Daquele Que Não Terminou. Ou que não existiu, não vivimos, um ano perdido –como escuto muita gente dizer. Ainda estou vivendo aqueles dias iniciais troca-turno, escrevendo 2020 no automático, meus dedovskis congelados ainda viciados na simétrica […]

Leia Mais

O voo das pombas, ou: feliz 2042

Voa, pombinha, voa (Aniol Yauci – IG: @yaucianiol / Reprodução)

Barcelona – Dia #283 – Quinta, 24 de dezembro. Cena: “Ouve esse silêncio”, ele diz. “É Natal!” Segundona braba de eflúvios natalinos. Eis que me encontro no supermercado pensando se compro aquele kombucha de raspberry pra me sentir saudável com estilê quando avisto um casal de pombas ciscando tranquilamente entre uns pacotes de farinha bio, […]

Leia Mais

Mais um meteorito, por favor

Amêndoas amêndoas amêndoas (Susana Bragatto / Folhapress)

PRÓLOGO QUEIXOSO Nesta última quinta (17) o governo espanhol anunciou as mais novas restrições depois das mais novas restrições coronísticas para as festas de fim de ano. Entre elas, os restaurantes e bares vão ter horários reduzidos (de novo) e lotação máxima ainda mais limitada (de novo), e por consequência houve panelaço contra o governo […]

Leia Mais

Cheiro de macho, licor do macaco e a mirada de Rosalía

Cena de “Pienso en tu mirá (Cap. 3: Celos)”, videoclipe da cantora espanhola Rosalía. Spoiler: a dançarina vai dançar (Reprodução)

Vale 6,75 euros (41,47 reais) em uma grande cadeia de perfumaria espanhola. Inclui notas de madeira, couro, vetiver e castóreo –a secreção glandular dos genitais dos castores, considerada um potente estimulante. Um pupurri cheirosístico que conjura, diz o reclame, “um caráter cálido e opulento”. Este, señoras e señores, é o resumo descritivo de um dos […]

Leia Mais

A maruja e o surrealista

Salvador Dalí e Maruja Garrido no especial “A la Española¨, 1971 (Reprodução / RTVE)

Isso é que é roquenrol, señoras y señores. Nem sei se tenho algo a escrever sobre isto. Este vídeo, extraído de um especial da TVE (TV Espanhola) de 1971, já diz muito, gorgoreja, hecatombiza, maçarocariza com amor entalado na garganta até passarinho fazer gggrruuu..grrruuu…soc…orrr..rrruu: Gravado em Barcelona diante do indefectível Arc de Triomf, monumento construído […]

Leia Mais

Catalunha celebra feriado com cadeiras vazias e manifestações ‘estáticas’

Cadeiras vazias diante do Arco do Triunfo no Dia Nacional da Catalunha simbolizam os independentistas afetados por processos judiciais, prisão ou exílio (Josep Lago / AFP)

Celebrar uma derrota a cada 11 de setembro. É essa a curiosa gênese da festa mais importante da Catalunha, a Diada ou Dia Nacional da Catalunha —hoje, marcada por comemorações adaptadas a tempos covidianos, em petit comité e sem as manifestações massivas de outros anos. Uma das imagens importantes do dia mostra 2.850 cadeiras vazias […]

Leia Mais